A Droga do Trabalho em Casa



Em 2012 eu fui convidado para ser escritor na Escola Dinheiro e para palestrar no Afiliados Brasil.

Três anos antes eu mal sabia escrever, não conhecia ninguém na internet e minha perspectiva era trabalhar em uma “boa empresa”.

Eu mal sabia que estava prestes a perder a minha vida (você já vai entender porque).

Essa boa empresa, na minha concepção:

* Daria uns 400 reais de vale refeição
* Pagaria um salário de 2.000 reais
* Ofereceria um plano de saúde de qualidade
* Permitiria que eu tirasse férias uma vez por ano

Para mim, isso era maravilhoso.

Imagina só. Ganhar três mil reais por mês. Incrível!

Eu confundia “segurança” com sucesso.

errado-certo

Essa empresa me garantiria dinheiro todos os meses.

… E a única coisa que eu tinha que fazer seria entregar 8 horas por dia para eles.

Coisa simples.

Coisa boba.

Vou repetir. Eu tinha que dar 33% da minha vida para uma empresa em troca de um salário de três mil reais.

O salário é bom, os benefícios são bons, está tudo perfeito. É um ótimo emprego.

Claro que sim.

… É um bom emprego para quem deseja envelhecer mais rápido

… É um bom emprego para quem não quer ter a casa dos sonhos

… É um bom emprego para quem não quer ter uma família feliz

… É um bom emprego para quem não quer viajar

… É um bom emprego para quem não quer ter o carro que sempre sonhou

Se tivesse continuado com esse pensamento, hoje eu seria mais um funcionário deixando um empresário podre de rico.
Felizmente, em 2009 eu descobri que esse bom emprego tiraria a minha vida.

Foi nesse momento que resolvi entregar o meu melhor.

Quebrei a cara por 5 anos, errando e acertando, até criar o melhor treinamento de marketing de afiliados do Brasil.

Um treinamento com método reconhecido por grandes nomes como Conrado Adolpho, Paulo Faustino, Camila Porto, Rafael Cruz, Maicon Rissi, Bruno Novaes e tantos outros.

Um treinamento que mostrou o absoluto passo a passo do marketing de afiliados.

São 12 semanas intensas, com conteúdo que se compara a um livro de mais de 1.000 páginas que eu demorei mais de 200 dias para criar.

Por que estou falando isso? Porque esse treinamento representou a minha linha de corte. O momento em que eu deixaria algo de bom para meus alunos.

Se esse artigo de alguma forma inspirou você, visite o meu site e veja como eu ensinei um aluno a sair de 30 reais para 20 mil. Clique aqui e veja!

Anderson “demolição digital” Chipak